Publicado por: nascidodenovo | abril 17, 2010

Homossexualismo e pedofilia na sacristia: mais escândalos envolvendo padres no Nordeste

O padre alemão Benedikt Lennartz, de 41 anos
O padre alemão Benedikt Lennartz, de 41 anos

SÃO PAULO – O padre alemão Benedikt Lennartz, de 41 anos, pároco de Craíbas, município a 160 km de Maceió, foi denunciado na última quinta-feira pelo Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas por crime de pedofilia na internet. Ele foi afastado pela Igreja Católica. As investigações tiveram início em maio de 2009, quando foi deflagrada pela Polícia Federal (PF) a operação Turko, que visa combater a pornografia infantil na internet. Na casa do padre (na foto ao lado com várias crianças), a polícia encontrou 1,3 mil fotos com cenas de sexo explícito ou pornografia envolvendo adolescentes; a maioria, do sexo masculino. Trata-se do quarto caso suspeito de pedofilia envolvendo religiosos de Alagoas em menos de um mês. Leia mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: